#Notícias Unitoledo
 
 

2ª Festa das Nações em Birigui apresenta pratos típicos feitos por alunos de Gastronomia do UniToledo

Por Vitória Frederico

Os alunos do curso de Gastronomia participaram da 2° Festa das Nações de Birigui nos dias 8 e 9 de setembro, realizado no Parque do Povo com apoio da Secretaria de Auxílio e Cultura.

A atividade contou com a participação de 23 alunos que auxiliaram na preparação e finalização dos pratos, de acordo com a necessidade de cada barraca de comida típica.

A professora do curso Ana Carolina Eschievano Azevedo conta que o evento faz parte do conteúdo e atuação prática em cozinha internacional. “Eles puderam obter conhecimento de técnicas e ingredientes para atuarem no amplo setor da gastronomia, bem como utilizar referências em suas criações”, afirma.

CARDÁPIO
Alguns dos pratos típicos foram: yakisoba, sushis, bolinho de bacalhau, pastel de Belém, paella, eisebein com chucrute e salsichão alemão, massa fresca italiana, caponata, mussaka, kafta, hambúrguer, hot dog, quesadilha, tacos, guacamole, açaí, pastel e espetinhos.

As receitas são originadas de países da Ásia, Alemanha, países Árabes, EUA, México, Itália, Portugal, Grécia, Espanha. Houve também comida típica brasileira, das regiões Sul, Sudeste, Norte e Nordeste.

EXPERIÊNCIA
O aluno do 1º semestre de Gastronomia, João Miguel Miranda declara que a experiência foi muito enriquecedora e permitiu agregar novas técnicas gastronômicas. “Aprendi como montar o prato para deixar ele de uma forma mais atrativa para quem irá consumi-lo, trabalhar em grupo e ser criativo com as dificuldades que apareciam em alguns momentos”.

O aluno do 4º semestre Renan Peron de Paula, conta que apenas durante os eventos e na prática da profissão é que os alunos podem dimensionar as funções do gastrônomo e entregar um produto de alta qualidade para o cliente mesmo com as dificuldades e adaptações que se fazem necessárias.

“O que mais me marcou foi a diferença visível que a participação do nosso curso promoveu na festa. Acredito que nas próximas edições a tendência é de grande evolução no sentido gastronômico”, conclui o acadêmico.

Edição: Rafaela Tavares

Notícias Relacionadas