#Notícias Unitoledo
 
 

Acadêmicas do UniToledo contam suas experiências no Programa de Formação de Líderes Estudantis nos Estados Unidos

Por Gabriela Fagundes

Entre os dias 25 e 30 de junho, as acadêmicas Vitória Rodrigues Sanches, do 2º semestre do curso de Direito, e Juliana Ferres Brogin Crepaldi, do 2º semestre de Ciências Contábeis, estiveram na cidade de Cambridge, em Massachusetts, Estados Unidos. Elas integraram o Programa de Formação de Líderes Estudantis para o Século 21, realizado na Universidade de Harvard e no MIT, Instituto de Tecnologia de Massachusetts. (Leia mais: Núcleo de Liderança UniToledo será lançado nesta sexta-feira com objetivo de gerar cultura de liderança na instituição)

Juliana e Vitória participaram de diversos workshops voltados para o desenvolvimento de habilidades como liderança, persuasão, comunicação visual, criatividade, empreendedorismo e oratória, ampliando seus conhecimentos sobre o que é ser líder. “Durante o curso, aprendemos que quem lidera nem sempre sabe tudo, mas deve ser humilde para buscar o conhecimento. O líder deve ser inovador, criativo, humano e pensar no próximo”, explica Juliana.

Durante os dias que estiveram nos Estados Unidos, as estudantes puderam realizar visitas ao MIT e à Universidade de Harvard, guiadas por estudantes locais. Também visitaram o Prudential Center e o Skywalk Observatory, conhecido como “Olho de Boston” por permitir que a cidade inteira seja vista do local. Museus, bibliotecas e parques também foram pontos de visitação das acadêmicas.

Além dos aprendizados proporcionados pelo curso, Vitória menciona que cresceu como pessoa e profissional graças à experiência em outro país. Ela acredita que conhecer uma cultura diferente, viver e estudar em outro ambiente são experiências que ajudaram a mudar sua forma de enxergar o mundo e outros aspectos, como a questão da liderança. “Cheguei a Boston com muita expectativa, mas foi melhor do que eu esperava. Eu voltei ao Brasil com outra visão e como uma pessoa diferente, uma pessoa melhor”, compartilha a aluna.

SONHOS REALIZADOS
As acadêmicas acreditam que essa foi uma experiência única e se sentem gratas pela vivência proporcionada pela viagem. Juliana conta que pode fazer novos amigos nos Estados Unidos. Ela teve contato com pessoas de diversos cantos do Brasil, como São Luís do Maranhão. “Essa oportunidade foi incrível e inesquecível. Levarei para toda vida os momentos que vivenciei e as lições que aprendi”, comenta Juliana.

Já Vitória, apesar de estar no primeiro ano na instituição, já se sente como parte da Família UT e acredita no lema da faculdade, que é transformar a vida das pessoas por meio da educação e conhecimento. “Eu não tenho palavras para agradecer o UniToledo por ter me proporcionado essa oportunidade. Fui escolhida dentre vários estudantes que têm potencial incrível, provando que também sou capaz de realizar os meus sonhos, de que posso ir a lugares inimagináveis”, ressalta Vitória.

A acadêmica acredita que a conquista dos sonhos é possível para quem corre atrás do que quer. “A dica que eu dou é para que nunca desistam dos seus sonhos, mesmo que pareçam distantes para realização, nada é impossível para quem acredita. Somos mais fortes do que imaginamos, todos temos um potencial e um futuro brilhante pela frente, cabe a nós fazermos a escolha certa”, motiva Vitória.

PROGRAMA
Este é o segundo ano consecutivo que o UniToledo proporciona bolsa integral para que alunos possam participar do Programa de Formação de Líderes Estudantis para o Século 21. Em 2017, cinco acadêmicos foram para Cambridge, Massachusetts, nos Estados Unidos, representar a instituição. Dois alunos viajaram por meio de bolsa integral e os outros três investiram na viagem, desembolsando o valor necessário.

A bolsa integral proporcionada pelo UniToledo abrange tanto alunos da graduação quanto da pós-graduação, e custeia todos os investimentos, desde a matrícula, hospedagem, passagem aérea até alimentação. O programa é promovido pelo Semesp (Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior) e Laspau, que em parceria com diversas universidades do Brasil, leva estudantes de todo o país para Cambridge.

Edição: Rafaela Tavares

Notícias Relacionadas