#Notícias Unitoledo
 
 

Alunos de Biomedicina e Fisioterapia aprendem como é feito o descarte hospitalar em visita técnica à Unimed

Verônica Martin

Hospitais produzem diariamente resíduos, como seringas, ataduras, lâminas e remédios usados, que exigem cuidados especiais e um descarte adequado por oferecerem risco de contaminação, entre outros perigos. Os alunos de Biomedicina e Fisioterapia do UniToledo aprenderam durante visita técnica como são realizados os procedimentos de tratamento e disposição final desse material.

Os acadêmicos do 3° semestre de ambas as graduações estiveram no hospital Unimed – Araçatuba, na última segunda-feira (27). A atividade faz parte da disciplina de Biossegurança, ministrada pelo professor Carlyle Marinho Junior.

Durante a visita o setor de qualidade do hospital, os responsáveis pelo SESMT (Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho) apresentaram aos alunos o Programa de Gerenciamento de Resíduos Sólidos do hospital. Eles também guiaram os acadêmicos aos setores específicos, apresentando os aspectos hospitalares. Os graduandos conheceram desde a geração dos resíduos até a disposição final, em observações de processos que incluem as etapas de acondicionamento, identificação, transporte interno, armazenamento temporário, tratamento, armazenamento externo, coleta e transporte externo e disposição final.

TEORIA E PRÁTICA
Visualizando a teoria colocada em prática os discentes também puderam conhecer a Central de Material de Esterilização, área responsável pelo controle, preparo, esterilização, distribuição, limpeza e processamento de artigos hospitalares.

Segundo o professor que acompanhou os alunos Carlyle, a atividade de visita técnica visa alinhar o contexto teórico do acadêmico ao universo profissional. “Na visita atingiu-se plenamente os objetivos, pois houve uma integração positiva entre os colaboradores do hospital, principalmente pela troca de experiência entre alunos, professor e profissionais da área”.