#Notícias Unitoledo
 
 

Alunos de Engenharia Química realizam visita técnica à Vinícola Ferracini em Penápolis

Verônica Martin

Com o objetivo de unir percepções sobre o universo acadêmico, repleto de teorias e conceitos, com o profissional, os acadêmicos do 1º, 3º e 5º semestres realizaram visita técnica à Vinícola Ferracini, em Penápolis, acompanhados pelo professor e coordenador do curso de Engenharia Química, Ricardo Marcelo Reche Ribeiro.

Fundada em 2014, a vinícola é a primeira localizada na região noroeste do estado de São Paulo, em Penápolis. No decorre da visita, os alunos puderam conhecer o processo produtivo de vinhos e espumantes.

VISITA
No local, os acadêmicos descobriram como é feito o plantio das uvas e suas variedades, além da seleção dos produtos, técnicas de produção, processo fermentativo, o envaze e rotulagem das bebidas.

Segundo o coordenador as visitas técnicas são de suma importância para que os acadêmicos possam agregar valores pessoais e profissionais. “Além disso, as visitas permitem que eles fiquem ainda mais motivados para o exercício futuro da profissão e áreas afins”.

Ainda durante a visita os alunos conseguiram compreender como funciona a estrutura de uma vinícola e seus equipamentos.

CONCEITO E PRÁTICA
A aluna Débora Stuque, 22, está cursando o 5º semestre afirma que a oportunidade de participar da visita foi enriquecedora e muito construtiva. Ela acredita que a atividade permita ao aluno compreender melhor as técnicas e processos no que diz respeito à produção de vinhos e espumantes, o investimento e regras de padronização que devem ser seguidas.

“Observei muito a oxidação, que é um dos processos, em baixíssima taxa, que o vinho sofre, os pontos de fusão das bebidas, de que forma composição química que a barrica interfere no gosto do produto final”, afirma a aluna.

Com a visita, os alunos acompanharam, além do processo de produção do vinho, o estoque na adega e as técnicas para tal procedimento. “Observei que o Engenheiro Químico é necessário em todas as etapas de produção, com exceção do envasamento, para que o produto saia com qualidade” Ela considera que a visita foi surpreendente e a deixou ainda mais apaixonada pelo curso. “Percebi que a química está em tudo, em todos os detalhes!”, afirma Stuque.

A união entre prática e teoria possibilita que antes mesmo os alunos concluam o curso de graduação, eles estejam familiarizados com o ambiente profissional e, dessa forma, mais preparados.

Edição: Rafaela Tavares

Notícias Relacionadas