#Notícias Unitoledo
 
 

Alunos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda realizam exposição sobre Cultura e Diversidade

Vitória Frederico

Alunos do 3º semestre de Jornalismo e Publicidade do UniToledo apresentaram ao público acadêmico da instituição informações sobre direitos, cultura, história e lutas da comunidade LGBT. Eles realizaram a exposição dos trabalhos da Atividade Inovadora da disciplina de Cultura e Diversidade, ministrada pelo professor César Gomes. A apresentação foi promovida na última sexta-feira (7).

A aluna do 3º semestre do curso de Júlia Barbosa Valim apresentou trabalho com o tema “A trajetória dos direitos das pessoas homossexuais”, elaborado a partir do livro “Direito à diversidade”, indicado pelo professor. Júlia e os outros integrantes do grupo, Vitória Ribeiro, Suellen Moraes, Gabriela Vieira Marion, Victor Hugo Siqueira e Beatriz Sanches, buscaram dados e leis sobre violência contra homossexuais.

Na apresentação os alunos usaram tabelas que demonstravam como funcionam as leis de casamento e relações homossexuais no mundo, além de colocar trechos da Constituição Federal e da Declaração Universal dos Direitos Humanos que garantem a igualdade de direitos e deveres para todas as pessoas.

“Essa atividade agrega muito profissionalmente porque cada vez mais esses grupos vêm conquistando seus direitos pra serem tratados de forma justa e igualitária. E por isso a gente precisa entender como podemos representá-los dentro da Publicidade e do Jornalismo”, comenta Júlia.

TRANSGÊNEROS
O aluno Matheus Manzano apresentou o tema “Cultura e Multiculturalismo: Identidade LGBT e questões de gênero com enfoque na população Transgênera” com os integrantes: Ana Laura Queiroz, Maria Júlia, Vitória Martins, Luana nicoletti, Giovani Brandão, Monique Martins e Bianca Rossini.

Matheus comenta que foi feita uma pesquisa sobre cultura LGBT e como as pessoas desse grupo se identificam, e foi percebido que tudo gira em torno da quebra dos papéis de gênero impostos ao nascimento. Analisaram dados e pesquisas feitas por órgãos LGBTs de alguns estados. A apresentação foi em slides, com informações sobre o primeiro movimento do grupo na história do Brasil, explicaram um pouco sobre stonewall (manifestações do grupo que aconteceram em 1969) e sobre questão das Travestis e transgêneros, com exemplos de histórias sobre essa população.

“Acho que como cursamos comunicação é inevitável que o foco do nosso estudo e trabalho sejam as pessoas, e as pessoas por sua vez são diversas, esse trabalho ajudou a abrir nossos olhos pra muita coisa errada que talvez estivéssemos fazendo sem perceber”, comenta Matheus.

O professor responsável pela atividade, César Gomes, comenta que no âmbito acadêmico permite ampliar o repertório temático e bibliográfico. No âmbito profissional a trabalhar e conviver com as diferenças bem como atuar de maneira consciente na redução das desigualdades e exclusões sociais.

Foto: Marcelo Fantoni Valarini