#Notícias Unitoledo
 
 

Alunos do 9º semestre de Engenharia Elétrica produzem sistemas de energia eólica, solar e de fontes hidroelétricas

Vitória Frederico

Os acadêmicos do 9º semestre do curso de Engenharia Elétrica do UniToledo desenvolveram projetos de Energias eólica, solar e de fontes hidroelétrica com o tema  “Sistemas de Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica”. Por meio das miniaturas que criaram, eles simularam e demostraram o funcionamento desses equipamentos na prática.

Os alunos se organizaram em grupo de quatro integrantes. Cada um dos times teve de elaborar um projeto que utilizasse as diferentes fontes de geração energia que existem no Brasil, e que representasse também os sistemas de transmissão e distribuição de energia até os consumidores finais.

A primeira etapa foi realizar estudo em uma determinada região do Brasil com bons índices de vento envolvendo a disciplina de Estatística. A segunda etapa foi baseada na procura porr dois tipos de aerogeradores que tivessem o perfil para aquela determinada região.

A escolha envolveu considerações sobre tamanho da torre, comprimento da pá e tipo de gerador, identificando qual modelo obteria melhor custo benefício para o sistema de energia elétrica.

ENERGIA EÓLICA
O professor responsável pela disciplina João Zamperim conta que de acordo com GWEC (sigla proveniente do inglês, com significado de Conselho Global de Energia Eólica), o Brasil está entre os 10 países que mais produz energia elétrica proveniente de parques eólicos. A matriz energética brasileira possui 9,18% de energia proveniente dos aerogeradores, ou seja, um mercado de trabalho muito propício para os alunos da área.

“Esse tipo de sistema propicia também o bem estar ao meio ambiente, melhores condições de vida por parte da redução de poluição uma vez que ela substitui as temíveis fontes fósseis que são favoráveis a potenciar o aquecimento global”, comenta Zamperim.

As disciplinas aplicadas no projeto foram: Fontes de energias Renováveis, Estatística e Máquinas elétricas. Também integrou a disciplina de Geração, Transmissão e Distribuição, ministrada pela professora Alinne Petean. A professora conta que academicamente o projeto foi importante para desenvolver o trabalho em grupo e a utilização das metodologias ativas no aprendizado da disciplina e profissionalmente foi muito produtivo pois os alunos deveriam apresentar sistemas que realmente funcionassem do ponto de vista da operação.