#Notícias Unitoledo
 
 

Biblioteca do UniToledo conta com atendimento com intérprete de Libras

Por Vitória Frederico

O Centro Universitário Toledo está sempre trabalhando para prestar atendimento especializado à comunidade acadêmica e para isso, promove alterações e otimizações no suporte de inclusão.

Os alunos e visitantes com deficiência auditiva que forem até a biblioteca da instituição agora contam com a auxiliar bibliotecária que é intérprete de Libras (Língua brasileira de sinais). Flávia Santos da Silva declara a grande importância desse tipo de inclusão para que todos os alunos tenham acesso à educação e graduação de qualidade.“Essa inclusão irá ajudar os surdos a serem encarados como pessoas capacitadas a exercer o cargo que quiserem na sociedade assim como nós ouvintes”, conta Flávia. Embora a intérprete ainda não tenha atendido integrantes da comunidade acadêmica UniToledo, ela já recebeu visitantes com deficiência auditiva na biblioteca.

Libras é a língua gestual utilizada por surdos e pessoas com deficiência auditiva no Brasil, um meio de comunicação que se baseia na combinação de movimentos das mãos e expressões corporais para transmitir ideias e fatos. Desde 2008, ela foi oficialmente reconhecida como a segunda língua oficial do país, por meio da Lei 10.436, de 2002. Graduações do UniToledo têm Língua Brasileira de Sinais como disciplina optativa.

RECURSOS
Além desse suporte com libras na biblioteca, há também uma seleção de livros em braile para deficientes visuais. Fora isso, os notebooks e tablets contam com o programa Hugo, para deficientes auditivos, um aplicativo de handtalk instalado no site oficial da instituição, capaz de fazer a leitura da tela usando Libras.

Flávia atende na biblioteca de segunda à sexta, das 19h às 22h45 e às quartas das 14h às 18h.

 

Edição: Rafaela Tavares

*No vídeo com chamada para a matéria nas redes sociais, Flávia dá boas-vindas aos visitantes que for à biblioteca do UniToledo e os convida a ler a matéria, em Libras. 

Notícias Relacionadas