#Notícias Unitoledo
 
 

Depois de formada, ex-aluna de Biomedicina se dedica à área da pesquisa científica

Por Gabriela Fagundes

Ao ingressar na graduação, alguns acadêmicos possuem o objetivo específico de se dedicar à pesquisa científica. Morando atualmente em São José do Rio Preto, interior de São Paulo, a egressa Olívia Borghi Nascimento concluiu o curso de Biomedicina em 2016 e, desde então, tem buscado se consolidar nesse ramo. A ex-aluna já fez pós-graduação latu-sensu em Imunologia Clínica e Alergia na Instituição HCFMUSP (Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo) e atualmente cursa mestrado em Ciências da Saúde, área de genética médica na FAMERP (Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto).

“Acredito que a busca desde o início da graduação pela área de pesquisa e ciência, o conhecimento adquirido através das disciplinas básicas da área da saúde, a oportunidade de realizar um estágio de iniciação científica através de um professor da instituição, foram essenciais para o currículo profissional, e a participação de cursos extracurriculares que expandem nossa área de conhecimento”, comenta Olívia.

A egressa conta que, por meio do professor Wagner Garcez de Mello, realizou iniciação científica no Laboratório de Neuroendocrinologia no Departamento de Ciências Básicas da Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA-UNESP), por meio da bolsa FAPESP, sob a orientação do Professor João Cesar Bedran de Castro. Também estagiou no Laboratório de Análises Clínicas do UniToledo. “Os trabalhos de pesquisa desenvolvidos na iniciação científica resultaram em apresentações e premiação em congressos nacionais e internacionais”, afirma.

FORMAÇÃO
Durante a sua formação, Olívia teve que conciliar o tempo de dedicação aos trabalhos da iniciação com os das matérias da faculdade. Na época, a egressa morava em Avanhandava, que fica a cerca de 60 km de distância de Araçatuba. Foram dificuldades encontradas por ela durante seus estudos, mas que não a impediram de continuar. “Guardo com carinho as aulas das minhas disciplinas favoritas, como Imunologia Clínica ministrada pela professora e coordenadora do curso, Tatiane Petroni. Do começo do curso, no contato com a área da saúde através das primeiras aulas práticas de anatomia”.

Olívia conta que o UniToledo contribuiu para a sua formação principalmente por incentivar à participação de encontros científicos como o ENPEX. “Os excelentes professores do UniToledo foram essenciais e enriquecedores para minha construção profissional, através do conhecimento por eles transmitidos”, ressalta.

ÁREA PROFISSIONAL
Segundo a egressa, é na área de análises clínicas onde se concentra o maior número de vagas, apesar de outros ramos também estarem disponíveis. “Nunca deixe de investir nos seus sonhos, ir atrás e buscar conhecimentos sempre. Nossa área está em constante mudança e atualizar-se é necessário. Todo resultado profissional é proporcional ao tamanho de sua dedicação”, incentiva Olívia.

Edição: Rafaela Tavares

Notícias Relacionadas