#Notícias Unitoledo
 
 

Estudante de Engenharia Mecânica está em processo de efetivação seis meses após primeiro estágio

Por Rafaela Tavares

O estudante do 10º semestre de Engenharia Mecânica Matheus Celoni Rigon, 23 anos, iniciou em abril deste ano um estágio em uma grande indústria Araçatuba. Seis meses depois de entrar no mercado como estagiário, ele já está em processo de efetivação, garantindo um emprego fixo na área da graduação antes de concluir o curso.

Em meados do primeiro semestre de 2018 Rigon foi selecionado para estágio na Colormaq, empresa de Araçatuba que trabalha com o segmento de linha branca, desenvolvendo lavadoras, tanquinhos, bebedouros, purificadores de água, depuradores de ar e cozinhas de aço. Foi sua primeira experiência como estagiário. O aluno recorda que a entrevista da seleção foi parecida com a de um emprego comum.

“Acredito que o que contribuiu para minha seleção foi o conhecimento que adquiri na faculdade. Também ter experiência de já ter trabalhado em outra empresa ajuda na contratação em comparação com alguém que nunca trabalhou. Daqui um mês provavelmente estarei efetivado lá”, conta o estudante, que antes trabalho em uma concessionária como estoquista no setor de peças. Já em relação à efetivação, Rigon acredita que o desempenho no estágio, os projetos desenvolvidos e as relações interpessoais na empresa foram importantes.

GRADUAÇÃO
Ele também acredita que a experiência na graduação também tenha sido crucial para os primeiros passos bem dados na trajetória profissional. Segundo o estudante, o curso ajuda não só pela didática e conteúdo das aulas, porém também com a evolução pessoal e profissional percorrida pelos alunos durante a graduação.

“O curso prepara para o mercado de várias formas. Uma delas é que muitas matérias trabalham com projetos, desenvolvimento de trabalhos como se você estivesse em uma empresa.” O estudante relata que nessas atividades os alunos têm prazos, metas e validações para cumprir.

Ele aconselha estudantes a buscarem estágio. Apesar de ter tido sucesso ao iniciar o estágio no último ano, Rigon indica a procura por experiências do tipo em períodos anteriores da graduação. “Não tive a oportunidade desde o primeiro ano porque precisava trabalhar para pagar a mensalidade, mas eu recomendaria estágio logo de início. É interessante pelo conhecimento. Só quando você está no mercado, que você realmente sabe como é estar naquela área”

Notícias Relacionadas