#Notícias Unitoledo
 
 

Formado em Jornalismo, ex-aluno atua no Centro de Comunicação Social da Marinha do Brasil

Mariana Páscua

Formado em 2005 no curso de Jornalismo do UniToledo, o ex-aluno Edwaldo Costa atua no Centro de Comunicação Social da Marinha (CCSM), em Brasília, como encarregado dos vídeos institucionais da Marinha do Brasil. Ao longo do histórico de sua carreira, o egresso teve sua tese de doutorado publicada como livro, hoje vendido nas principais livrarias do Brasil. O ex-aluno realizou também a cobertura da Copa das Confederações, em 2013, e da Copa do Mundo, em 2014, para um grande veículo de comunicação do Equador.

Costa conta que seu sonho sempre foi ser professor de Universidade e jornalista em uma grande instituição. Ele ressalta que tudo foi conquistado com “muita perseverança, diálogo e dedicação”.

O ex-aluno, que iniciou sua vida acadêmica no UniToledo, conta que a graduação colaborou para sua construção como profissional, já que na época participou de congressos, seminários, projetos de inclusão digital e colóquios. “Consequentemente, ampliei meus conhecimentos. Percebi que a ciência pode ajudar no desenvolvimento da sociedade. Em 2002, o curso já oferecia recursos e ferramentas modernas de aprendizagem como o laboratório redação de jornalismo, e o estúdio de TV”, afirma.

DESAFIOS
No período da graduação, o ex-aluno relembra sua trajetória e alguns desafios enfrentados. “Lembro que tive dificuldade em conseguir estágio, mas com o passar do tempo, conheci profissionais da área que me proporcionaram a experiência. Também lembro de pessoas que me desencorajavam na escolha da profissão, relatando falta de oportunidades e dificuldades no mercado, mas minha família sempre me apoiou e consegui galgar novos desafios e conquistas”.

Costa realizou estágios no UniToledo, na TV Câmara e no jornal O Liberal. Após a graduação em Jornalismo, o egresso continuou a aprimorar seus conhecimentos. Ele cursou Especialização em Educação e Comunicação na Universidade Estadual de Londrina, Mestrado em Comunicação Social na Universidade de Marília e Doutorado em Comunicação e Semiótica na PUC-SP. Costa ingressou como docente na UNIESP, de 2006 a 2014. Ele também lecionou na Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) e a deixou em 2014 para se dedicar, exclusivamente, nos estudos do doutorado.

“Valeu a pena, a minha tese virou o livro: ‘Me(i)a Culpa: O Globo e a Ditadura’. Hoje ele é vendido nas principais livrarias do Brasil. Instituições internacionais como a Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos da América, Universidade Fernando Pessoa de Portugal, e outras, também adquiriram exemplares” conta.

PÓS-DOUTORADO
Costa atualmente cursa Pós-Doutorado na Universidade de São Paulo (USP), em departamento de Jornalismo e Editoração. Ele iniciou sua carreira na área de comunicação social da Marinha do Brasil em Ladário, no Mato Grosso do Sul, após concluir seu doutorado no ano de 2014. Ele ingressou na Marinha como Jornalista e hoje, atua também como Militar no cargo de Primeiro-tenente. Em 2016, foi transferido para o setor de comunicação social da delegacia fluvial de Cuiabá.

E então, em novembro de 2017 foi transferido para o Centro de Comunicação Social da Marinha do Brasil em Brasília, onde se realiza profissionalmente. O ex-aluno comenta que guarda com carinho as lembranças das visitas técnicas realizadas em seu período no UniToledo e principalmente, os laços de amizade que foram feitos.

Para os futuros profissionais da área, o egresso deixa seu recado: “Apesar de ser bastante competitiva, a área do jornalismo ainda exerce um papel importante na sociedade. Se você sente vontade de trabalhar nela, tem que se esforçar de todas as maneiras possíveis para alcançar o sucesso profissional. Seja dedicado, disciplinado e responsável. Em tempos de Fake News é importante apurar os fatos com precisão e buscar fontes confiáveis antes de transmitir ou compartilhar informações” finaliza.

Edição: Rafaela Tavares

Notícias Relacionadas