#Notícias Unitoledo
 
 

Oitava noite no Estande do Conhecimento chama a atenção do público com os projetos de robótica do Colégio Toledo

Por Vitória Frederico

Na noite desta sexta-feira (13), O professor do curso de Extensão de Robótica do Colégio Toledo, Pedro Luís Martins apresentou para os  visitantes do Estande do Conhecimento do UniToledo na Expô

Araçatuba 2018, trabalhos que foram elaborados em sala de aula com os alunos do Colégio Toledo.

TEORIA NA PRÁTICA
As aulas de robótica facilitam o aprendizado de outras matérias vistas em sala de aula, como por exemplo, matemática e física. “Em matemática o estudante pode analisar a matriz, como ela é feita no papel e como funciona na prática. Já em física, ele vai ver o movimento de um veículo ou uma trajetória e vai observar como o cálculo funciona no real, na prática da robótica”. Comenta o professor Pedro Luís.

Isabela Tanabe, estudande do 2º ano do ensino médio, foi uma das participantes do 3º Torneio Paulista de Robótica, no Instituto Educacional de Americana e fala sobr

 

e a importância do curso na grade curricular. “Como estudante e pré-vestibulanda, o curso é muito importante porque integra muitas fórmulas de física assim como em outras matérias do dia-a-dia, além de agregar valores como conviver e trabalhar em grupo”, diz Tanabe.

As aulas de Robótica fazem parte da grade curricular do Colégio Toledo e os alunos se interessam muito por esse método de aprendizagem moderna. “Gosto muito das aulas de robótica, é um jeito se distrair e aprender, espero ansioso por todas as sextas-feiras que temos o curso. O professor sempre nos orienta a realizar as atividades ”, comenta o estudante do 1º ano do ensino médio, Lucas Celoni.

DIFERENCIAIS
O coordenador do Colégio, Thiago Zambom, conta que um dos principais diferenciais é a qualificação do corpo docente, formado por mestres e doutores que dão aulas em centros universitários e cursinhos preparatórios, portanto são profissionais com muita experiência. “Os alunos do Colégio Toledo têm a oportunidade de usufruir dos laboratórios acadêmicos como nutrição, gastronomia e bioquímica aliando as aulas teóricas a pratica”, comenta Thiago. As plataformas digitais como meio de aprendizagem também fazem parte da inovação do ensino médio do Colégio.

 

 

 

 

 

Edição: André Ferreira

Notícias Relacionadas