#Notícias Unitoledo
 
 

Professores e colabores do UniToledo participam de curso de Libras para ampliar atendimento inclusive

Vitória Frederico

Nesse último sábado (11), professores e colaboradores do UniToledo participaram de curso para o aprendizado de Libras (Língua Brasileiras de Sinais) no Laboratório de Inovação Acadêmica da instituição. O objetivo é prepará-los para um atendimento mais inclusivo ao público com necessidades especiais.

A professora responsável por aplicar o curso, Márcia Serante comenta que o curso para as pessoas ouvintes se faz necessário para que possamos oferecer ao surdo, apoio e atendimento nos mais diversos ambientes. Segundo ela, a universidade é um dos ambientes onde os surdos mais necessitarão que sua língua seja reconhecida e aceita, pois é um ambiente de aprendizado. “Se não houver comunicação, com certeza, o surdo não poderá ser incluído, seja como pessoa ou aluno. Assim, nós ouvintes precisamos conhecer a língua do surdo (Libras), para oferecer o suporte necessário para que ele entre e permaneça na universidade”, afirma.

Libras é a língua de sinais usada pela comunidade de surdos no Brasil e já foi reconhecida pela Lei, ou seja, é uma língua oficial, tal como nossa língua falada. A lei que dispõe sobre a língua de sinais é a Lei nº 10.436, de 24 de Abril de 2002.

“O objetivo principal foi oferecer aos professores e funcionários do UniToledo um conhecimento básico sobre Libras, uma língua oficial usada para comunicação e aprendizado dos surdos em todo o território nacional”, conclui Márcia Serante.

Leia também:
Biblioteca do UniToledo conta com atendimento com intérprete de Libras
Site do UniToledo ganha intérprete visual capaz de fazer a leitura de tela usando Libras

Notícias Relacionadas