#Notícias Unitoledo
 
 

Projeto de app voltado para locação de carros vence primeiro Start.UT, competição da Semana de Negócios

Por Rafaela Tavares

Nos últimos anos, um tipo de empresa tem ganhado destaque no mundo dos negócios: as startups. São empreendimentos em fase inicial com grande potencial de crescimento e voltados para produtos ou serviços inovadores. A Semana Acadêmica de Negócios transportou o modelo para a realidade dos alunos dos cursos de Gestão de Recursos Humanos, Ciências Contábeis e Administração.

A programação do evento contou com a 1ª edição do Start.UT, competição na qual alunos formam grupos para idealizar projetos e estruturá-los no papel. As ideias foram avaliadas e uma entre elas, selecionada como vencedora.

De acordo com o coordenador dos cursos de Gestão de Recursos Humanos e Administração, Maurício Quirino, o objetivo era que os estudantes buscassem pontos de inovação, necessidades ou problemas para os projetos solucionarem e como rentabilizá-lo. “A intenção era dar início a uma ideia que futuramente pudesse se tornar uma startup”, afirma.

EXEMPLO
Para inspirar os acadêmicos, o primeiro dia do evento (29) concentrou uma palestra sobre a empresa Solinftec, startup com soluções para agricultura fundada em Araçatuba e que atualmente recebe investimentos internacionais. “Queríamos mostrar que uma ideia nascida em Araçatuba pode ganhar o mundo e se tornar um negócio rentável.”

Na quinta-feira (30), os estudantes formaram grupos de trabalho, utilizando a ferramenta business model canvas e expuseram ideias. A finalização do projeto e sua apresentação por escrito aos avaliadores aconteceram na sexta-feira (31).

Cada integrante do grupo de avaliadores, formado por professores dos cursos, tinha 100 “moedas virtuais” para distribuir entre os projetos. A ideia que recebeu o maior volume de investimentos foi vencedora da competição. Ao todo, oito projetos foram encaminhados para avaliação. Entre eles estão um clube de assinatura de alimentos saudáveis, a criação de coleiras com GPS e tomadas com cabo USB embutido. Além disso, os estudantes desenvolveram ideias de aplicativos de vendas, consultoria, educativos e voltados para o registro de presença de estudantes em sala de aula.

VENCEDOR
Porém, o grupo vencedor desenvolveu um projeto de app batizado de DrivEZ. O negócio teria como público-alvo as locadoras de carros. O usuário localizaria automóveis em sua proximidade para aluga-los, dando mais eficiência para as empresas que enfrentam prejuízos grandes. Quirino explica que há locadoras com 20 carros disponíveis dos quais 16 estão parados. “Do ponto de vista do retorno financeiro, esse é um dos projetos com maior viabilidade. A tecnologia já existe, a única questão seria montar a plataforma.”

O grupo é formado pelos estudantes Leonardo Flausino, Enzo Scudeller, Ayrton Scudeller, Leonardo Warik, João Junior Alfredo, Lucas Esgalha e Alexandre Gabriel Alves. Eles foram premiados com um jantar em churrascaria.

Ayrton conta que grupo chegou à ideia por meio da percepção do problema das locadoras depois de que o irmão e ele foram devolver um automóvel alugado e visualizaram uma grande quantidade de veículos parados no pátio. “Trabalhamos para tentar desafogar essas locadoras e ao mesmo tempo melhorar a mobilidade urbana que hoje em Araçatuba, e acredito que em outras cidades, é péssima.”

Ele acredita que atividades como o Start.UT agreguem valor ao currículo dos participantes e também projetem os alunos da instituição, já que se muitos projetos promissores saírem da competição, a população deverá valorizar os alunos da área de negócios do UniToledo. “Na nossa visão, ter vencido foi excelente, porque a maioria do grupo é formada por alunos do último semestre e isso mostra a nossa capacidade de inovar e empreender.”

Notícias Relacionadas