#Notícias Unitoledo
 
 

UniToledo distribui canecas entre colaboradores para eliminar o uso de copos de plástico

Por Rafaela Tavares

A matéria orgânica viva entra rapidamente em decomposição em um ciclo que torna a terra mais fértil. Porém, o lixo artificial descartado por seres humanos, composto por material inorgânico, acumula nos solos, centros urbanos, rios e mares. O plástico, por exemplo, leva em torno de 450 anos para decompor, gerando prejuízos equivalentes a US$ 75 bilhões anuais, segundo a ONU (Organização das Nações Unidas).

Para reduzir o impacto ambiental de suas atividades, o Centro Universitário Toledo distribuiu nesta terça-feira (28) canecas de cerâmica a todos os colaboradores. O objetivo é abolir o uso de copinhos de plástico durante o consumo de bebidas, como água e café.

A ideia das canecas surgiu a partir de um projeto criado por estudantes de Publicidade e Propaganda. Os alunos Aniele Zingoni Dias, Fabio Henrique Leal, Samuel Marsola e Renan Bigatão, da agência experimental CREARE desenvolveram o projeto como resultado de um trabalho multidisciplinar desenvolvido nas disciplinas Produção Gráfica para Mídia Alternativa e Agência de Propaganda III. O objetivo foi desenvolver uma opção sustentável para algo simples do dia a dia.

AÇÕES
De acordo com Aniele, os colegas e ela se basearam nos conceitos de empatia e solidariedade para criar uma caneca que pudesse substituir os copinhos e eliminar o uso do plástico. “Eu acredito que podemos mudar o mundo com pequenas ações e essas ações dependem de cada um de nós. O primeiro passo pode ser libertando-se do copinho e o slogan desse nosso projeto é ‘E aí, pode ser?’”, afirma.

Conforme a professora Joice Moretto, responsável pela disciplina Produção Gráfica para Mídia Alternativa, todas as agências experimentais da turma, formadas por alunos, desenvolveram projetos com uma visão social. “A reflexão gerou um propósito único em toda a sala: que os discentes tinham o papel de divulgar e tornar atrativos conceitos que colaborassem para transformar a sociedade”, afirma.

Joice conta que quando os grupos de estudantes finalizaram o processo criativo de seus projetos, os protótipos foram elaborados digitalmente e produzidos fisicamente. O grupo responsável pelas canecas confeccionou quatro delas e entregou uma o reitor do UniToledo, Bruno Toledo, que ficou empolgado com a ideia sustentável e decidiu aderir a ela de forma prática na instituição. Foram confeccionadas 182 canecas para serem entregues aos colaboradores.

O UniToledo realiza outras ações de sustentabilidade, como reciclagem de lixo e diminuição do uso de papel por meio da disponibilidade de tablets e notebooks para empréstimos.

Notícias Relacionadas